Lapidar a área externa de uma residência e transforma-la em um belo jardim consumiu um ano de trabalho da arquiteta Karen Haas. Todo o empenho valeu a pena, pois a inosossa caixa de concreto de 43 metros quadrados transformou-se em um aconchegante ambiente de meditação.

 

Para chegar a esse resultado, a profissional usou como ponto de partida principal solicitação dos proprietários: a fonte d’água. Como o jovem casal escolheu um modelo que comumente é usado em piscinas, Karen precisou adaptá-lo ao espaço relativamente pequeno do pátio. – A solução que encontrei foi incluir a fonte de aço inox dentro de uma mini-piscina, pois seu jato é forte e necessita de uma certa distância para que a agua não acumule no solo. Bomba e filtro d’água ficam escondidos dentro de um deque removível – detalha a autora.

 

A vegetação clean também foi uma solicitação dos clientes. Na intenção de atendê-los, a arquiteta optou pela utilização de poucas espécies. Nas floreiras há podocarpos e agapantos, mas o jardim inclui também acer e trepadeira jasmim. Sobre os muros, se alternam plantas e volumes verticais em pedra portuguesa – destacadas pela iluminação.Completam o projeto o mobiliário de madeira com almofadas revestidas de material impermeável. Sobre o pedestal de granito polido, a fonte d’água é a estrela dentro da mini-piscina revestida de pastilhas de vidro verde água.

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *